RESENHA | SERIADO | DEMOLIDOR


daredevil-parquor-2-netflixConfesso que a primeira cena do seriado original da Netflix com a Marvel, O Demolidor (DareDevil), me fez lembrar bastante do filme Batman, O Cavaleiro Das Trevas (DC e WARNER). A mesma cena de apavorar os inimigos em um porto cheio de contêineres, aparecendo de surpresa e derrotando-os. O que não é um desmerecimento e sim um elogio.  Uma pena que para mim o primeiro episódio, ao se desenrolar, se mostra ligeiramente fraco, ou não me pegou e me fez querer mais e mais, tanto que após o primeiro episódio eu não voltei para o segundo de cara, demorei uns bons meses para retornar.

daredevil_gif02

Quando retornei (me forçando) me deparei com uma série que melhorava a cada episódio, as cenas são incrivelmente bem coreografada e muito realistas, principalmente por conta das repetidas pausas de cansaço dos lutadores. Destaque para quando Matt invade a casa dos Russos para resgatar um jovem. A direção (principalmente dessa cena) achei incrível, pois a câmera caminhava no meio da luta de um lado para o outro de um corredor estreito, as vezes a luta ia para uma outra sala, mas a câmera continuava seu trajeto, ‘esperando’ que a luta voltasse para o palco principal.

Mas me apressei, comecei a falar do seriado antes de explicar quem é esse tal de DEMOLIDOR. Bom, se ele é da MARVEL logo se imagina que seja um herói. O que torna ele SUPER herói é sua habilidade (muito maior que a maioria dos humanos) de sentir as coisas.

what-did-you-think-of-daredevil-on-netflix-365040

Matthew Murdock era um jovem estudioso e vivia com seu pai em HELLS KITCHEN, que era boxeador e exigia que “Matt” estudasse para não ter o mesmo destino que o pai. Um dia o jovem Matt ficou cedo devido a um acidente com um caminhão carregado de produtos tóxicos, isso fez com que todos os seus outros sentidos fossem aguçados. Escutava conversas em quarteirões de distância, escutava as batidas do coração da pessoa, conseguia saber exatamente a combinação ‘química’ do sorvete, e por aí vai. Ele aprendeu e desenvolveu isso com seu mestre (também cego) ‘stick’, que ensinou a lutar. Daredevil-110

Matt, sempre obstinado pela justiça, fez o curso de direito e lá conheceu Franklin “foggy” Nelson, que se tornou seu melhor amigo e futuro sócio na firma de advocacia que sempre sonharam em ter. Sabendo que a justiça das leis nem sempre se torna a justiça de verdade, Matt vai atrás de crimes não resolvidos para tentar melhorar sua cidade.

A história do seriado da Netflix começa a partir do primeiro caso especial da firma de Matt e Foggy, (não irei entregar muita coisa, VÁ ASSISTIR) que aparece em decorrência da destruição de Nova Iorque (oriunda do filme Os Vingadores, sim tem ligação dos filmes da Marvel com os seriados), e a especulação imobiliária e de construtoras. Além da obvia disputa por poder territorial. É aí que entra o grande vilão dessa história, Wilson Fisk (o Rei do Crime), além dele há muitas outas facções criminosas na cidade e Matt faz de tudo para acabar com isso, nem que seja passando por cima de seus próprios valores cristãos.

Daredevil_S01E13_Daredevil_Jump-850x560

nota expectativa 8

nota real 8

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s