Vai custar horrivelmente caro.


A IATA alerta que, por conta dos atrasos nas obras de aeroportos para a Copa de 2014, a ampliação de terminais corre o risco de custar “horrivelmente caro” ao País. O alerta foi feito pelo CEO da Associação Internacional de Transporte Aéreo, Tony Tyler, em uma coletiva com jornalistas de todo o mundo, na manhã de hoje.
Tyler alerta que as reformas e ampliações em aeroportos são “absolutamente necessárias” para que o Brasil possa receber torcedores e turistas durante o Mundial. Mas, faltando menos de dois anos para o evento, a Fifa não esconde sua preocupação em relação às obras.
“Ainda há tempo para realizar as ampliações necessárias. Isso é possível, como vimos isso na Índia onde fizeram reformas em 36 meses. Mas o problema é que podem custar horrivelmente caro”, disse Tyler. “Os aeroportos brasileiros estão sob enorme pressão”, declarou.
O executivo ainda voltou a criticar o modelo de licitação lançado pelo governo na privatização dos aeroportos nacionais. Para ele, o volume de dinheiro pago na primeira rodada de vendas se transformará em um aumento de preços nas passagens e quem sofrerá será o consumidor. “Isso é um problema esperando para ocorrer”, concluiu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s